Saiba tudo sobre Implante Capilar

implante

O tratamento da calvície pode ser feito através do uso de medicamentos ou através do implante capilar, que é indicado para causas de queda de cabelo em que houve total comprometimento do folículo piloso, ou seja, nas situações em que existe a atrofia ou destruição do cabelo.

A grande evolução da cirurgia de implante capilar ocorreu em 1996, quando foi descrita a unidade folicular. Esta estrutura é composta pelo fio de cabelo, o músculo piloeretor e uma glândula sebácea, sendo que em uma unidade folicular podem existir de um a quatro fios.

No passado, o implante capilar não era realizando utilizando–se de unidade folicular por unidade folicular. A cirurgia era realizada em tufos, ou seja, eram implantados grupos de unidades foliculares. Desse modo, o resultado da cirurgia era artificial, resultando em “cabelo de boneca”. Atualmente a cirurgia é realizada unidade por unidade, o que produz resultado natural.

Os cabelos utilizados para a cirurgia são retirados da região lateral e posterior do couro cabeludo. Estes fios não possuem o código genético da calvície e desse modo, após o implante capilar os fios irão se comportar como um cabelo normal.

Existem dois métodos de retirada dos fios de cabelos da área doadora. A primeira recebe o nome de “Follicular unit transplantation”(FUT). Neste técnica é retirada uma faixa de couro cabeludo da região lateral e posterior e desta faixa são separadas as unidades foliculares. A vantagem deste método é que se consegue obter uma grande quantidade de unidades foliculares por sessão, cerca de 6.000 a 8.000 fios . Porém a técnica FUT gera uma cicatriz linear, que fica camuflada pelos fios de cabelos.

O outro método para a retirada dos fios da área doadora é “Follicular unit extraction”( FUE). Neste método as unidades foliculares são removidas uma a uma com a utilização de um bisturi denominado punch. A vantagem desta técnica é a que não existe uma cicatriz linear, diferente da técnica FUT. Neste método as cicatrizes são puntiformes. A desvantagem deste método é a quantidade de fios que são obtidos. Em média são implantados cerca de 3.000 fios por sessão.

Uma vez preparadas as unidades foliculares, estas são implantadas uma a uma nas regiões calvas. Para se confeccionar as incisões são utilizadas lâminas especiais que possuem 0,6 a 1 mm de largura.

A cirurgia é realizada em ambiente hospitalar sob anestesia local e sedação. O procedimento tem duração média de 5 a 7 horas. Não há necessidade de internação, o paciente recebe alta no mesmo dia.
Para a cirurgia não há necessidade que os cabelos sejam raspados. Sugerimos que o paciente deixe os cabelos mais compridos que o habitual. Isto facilita disfarçar o pós operatório.

Como é a recuperação após a cirurgia?

Apesar de ser um procedimento longo, o pós operatório é simples e o paciente apresenta rápida recuperação. Para aqueles de realizam atividade de escritório, é possível voltar as atividades em 3 a 5 dias.

Após o implante dos cabelos, é orientado que o paciente durma com a cabeceira elevada por 3 dias, isto para ajudar a redução do inchaço. Outra manobra é aplicação de compressas frias sobre a testa.

Após 48 horas da cirurgia o paciente já pode lavar os cabelos em casa, conforme é orientado por nossa equipe. Caso o paciente deseje, no segundo dia pode–se usar boné, chapéu ou bandanas.

No pós operatório deve–se evitar a prática de exercícios físicos por um período de 15 dias. A exposição solar somente após 4 semanas de cirurgia. Os pontos são removidos 15 dias após o implante.

Quando aparecem os resultados do implante capilar?

Os resultados da cirurgia não são imediatos. Após a cirurgia parte dos fios implantados caem. No terceiro mês após a cirurgia os fios começam a crescer, no sexto mês o paciente apresenta 50 a 60% do resultado da cirurgia. O resultado definitivo aparece após 8 meses a 1 ano do procedimento. Como os fios implantados não possuem gene da calvície, uma vez implantados, não mais cairão. No entanto, o implante capilar não interfere na evolução da calvície, ou seja, os fios que são originais da região da calvície podem sofrer o processo de miniaturização .