Implante Capilar: Como funciona?

Tratamento-implante-cappilar-fortaleza-ceara-davi-pontes

O implante capilar é um procedimento para o qual alguns homens recorrem quando percebem que já perderam mais cabelo do que esperavam.
Ele auxilia a trazer de volta o visual de um couro cabeludo mais cheio e volumoso.

Se a diminuição de volume ou a calvície realmente incomoda você, o procedimento é uma ótima solução.
Ela auxilia a recuperar a confiança do homem a respeito de seu própria visual.

O que é o implante capilar?
É um tipo de cirurgia que utiliza o cabelo que você já possui para preencher áreas afetadas pela calvice.
Estes implantes ocorrem desde os anos 1950, mas as técnicas modificaram-se bastante ao longo do tempo.
Como ele é feito?
Este procedimento geralmente ocorre na clínica, nem sempre no hospital. Inicialmente, o couro cabeludo é limpo, e o paciente recebe uma anestesia para a parte de trás da cabeça.
O procedimento pode ser realizado através de dois procedimentos específicos.
Os dois procedimentos variam no método de extração dos fios de cabelo para serem implantados.
No método FUSS, remove uma pequena faixa de pele do couro cabeludo.
É desta faixa que serão retirados os folículos utilizados para implantação em outras áreas da cabeça.
Já no procedimento FUE, o médico remove cada folículo diretamente do seu couro cabeludo, sem a necessidade de remover parte da pele para isso.
Neste caso, ao invés da pequena cicatriz, haverá uma pequena área de cabelo raspada.
Após a extração dos fios, o procedimento é muito semelhante nos dois casos.
O médico prepara os enxertos, limpa e anestesia a área que os receberá e faz a inserção.
A inserção é feita em pequenos buracos ou ranhuras criadas com o bisturi ou uma agulha.
Delicadamente, ele coloca cada enxerto de cabelo em uma destas áreas abertas.
Isso geralmente ocorre com o auxílio de outras pessoas, dada a delicadeza exigida no procedimento.
Dependendo do tamanho da area que está recebendo o implante capilar, o procedimento pode levar entre quatro e oito horas.
Geralmente, novas sessões são marcadas para uma segunda “camada” de implantes, ou reparação, caso os fios sigam caindo.
Expectativas e recuperação
Após a cirurgia, a tendência é que o escalpo esteja bastante sensível.
É possível que o paciente precise tomar medicamentos para o controle da dor durante alguns dias.
O médico recomendará curativos para o escalpo por alguns dias.
É possível, dependendo da situação de saúde do paciente, que seja necessário tomar anti-inflamatórios por vários dias.
A maioria das pessoas pode voltar a trabalhar e executar a maioria das atividades cerca de dois ou cinco dias após a operação.
Cerca de duas a três semanas após a operação, o cabelo implantado cai, e pode-se observar cerca de 60% dos folículos implantados crescendo novamente após alguns meses.
É só a partir deste crescimento novo que comemora-se o sucesso do procedimento.
Muitas vezes, recomenda-se a utilização de medicamentos que favoreçam o crescimento de novos fios.
Isto, no entanto.
depende das preferências do médico responsável pelo procedimento cirúrgico.

Fonte:testo