Em quais casos o transplante é recomendado? Como saber se eu posso fazer ou não?

TRATAMENTO--CAPILAR-DOUTOR-DAVI-PONTES-FORTALEZA--CEARÁ-PLASTICA-FIO

Só o seu médico vai poder fazer uma avaliação precisa, mas de modo geral os melhores candidatos a fazer o transplante são:

Pessoas com alopecia androgenética escala Norwood 3 ou maior, ou que tenham começado a manifestar a queda de cabelo há pelo menos cinco anos;
Pessoas com quadros de calvície já estabilizada, que tiveram queda de cabelo ao longo de muitos anos;
Quem está recorrendo à cirurgia depois de já ter testado outros tratamentos para a alopecia androgenética (como a finasterida e o minoxidil);
Pessoas com perda permanente dos fios não relacionada a causas hormonais (acidentes, cirurgias, queimaduras, traumas, etc);
Pessoas que têm a linha anterior de implantação dos cabelos (área onde o cabelo começa a surgir na testa) muito alta, seja de nascença (sem quadro de queda de cabelos associado) ou devido a procedimentos cirúrgicos (como lifting facial ou de sobrancelhas);
Alguns casos de alopecia cicatricial, desde que estejam inativos e estáveis há pelo menos um ano;
Alguns casos de tricotilomania, desde que estejam inativos e estáveis há pelo menos um ano.