Mitos e verdades do cabelo e problemas capilares

Mitos-e-verdades-do-cabelo-e-problemas-capilares

MITOS E VERDADES DO CABELO
Quando se fala em cabelos, o primeiro pensamento, geralmente, está ligado à beleza. No entanto, é importante atentar-se também para a saúde capilar. Infelizmente, o número de doenças capilares contraídas é cada vez maior.

Há, ainda, a possibilidade de contaminação por bactérias, fungos e até vírus, principalmente por causa da falta de higiene ou de cuidados inadequados na esterilização dos materiais.

É preciso deixar claro que há várias pessoas, bem como salões de beleza com profissionais responsáveis que observam todas as normas de higiene. Mas como forma de prevenção, confira uma lista do que é mito e do que é verdade em relação ao assunto.

ESCOVA DE CABELO PODE TRANSMITIR DOENÇA: VERDADE
As escovas de cabelo podem transmitir vários problemas, pois passam de uma cabeça à outra sem ter qualquer tipo de esterilização.

A HIGIENIZAÇÃO DAS ESCOVAS PODE SER FEITA APENAS COM A RETIRADA DOS FIOS DE CABELO: MITO
Retirar os fios não é o suficiente para assegurar que micro-organismos não permaneçam na escova. O ideal é fazer uma esterilização com água e detergentes ou água sanitária.

TESOURAS E LÂMINAS PODEM TRANSMITIR DOENÇAS: VERDADE

Os objetos de corte podem causar feridas com sangue lâminas sem a devida esterilização podem transmitir.

Lâminas e agulhas devem ser de uso único. Tesouras e navalhas devem ser esterilizadas em aparelhos próprios ou colocadas em recipiente adequado, de paredes rígidas, e identificado corretamente como resíduo infectante.

USAR O MESMO LAVABO SEM HIGIENIZÁ-LO PODE TRANSMITIR DOENÇA CAPILAR: MITO
Para que a transmissão ocorra é preciso contato direto com o couro cabeludo.