Cuidados com o cabelo na academia

Cuidados-com-o-cabelo-na-academia

Para muitas mulheres, o medo de estragar o cabelo acaba impedindo uma vida mais ativa. Porém, é possível manter os fios saudáveis mesmo com a malhação.

Para isso, basta saber quais são os cuidados adequados para antes, durante e depois do treino. Portanto, se essa era a sua desculpa para escapar da academia, hora de fazer a matrícula.

Durante o exercício físico os cabelos perdem nutrientes e sofrem maus tratos por conta da amarração e da exposição ao suor e a outros fatores, como o sol, o cloro e o sal da piscina.

Por isso, conhecer os riscos que a atividade física causa aos fios é um bom ponto de partida.

PREPARATIVOS ANTES DE MALHAR
A preparação deve começar antes mesmo de iniciar o exercício físico, com a proteção dos fios. Para Sandra, o ideal é utilizar pequenas quantidades de creme de pentear com algumas gotas de óleo vegetal.

Isso minimiza o efeito do suor e protege o cabelo porque “o óleo vegetal possui uma ação antioxidante que garante proteção duplicada aos fios, fazendo com que eles combatam os radicais livres e o ressecamento causado pelo suor”.

A proteção dos fios também pode ser feita de maneira profissional. Nesse caso, é possível submeter o cabelo a tratamentos a base de multivitamínicos e aminoácidos.

“Esses tratamentos protegem os fios das agressões causadas pelo exercício físico. As multivitaminas garantem a absorção dos nutrientes que o cabelo necessita, enquanto os aminoácidos regulam o pH e mantêm os fios saudáveis por mais tempo”.

CUIDADOS DURANTE A MALHAÇÃO
Já durante a malhação, a atenção deve ser voltada para a maneira como os fios são presos.

Embora muitas mulheres prefiram seus cabelos soltos, é essencial amarrá-los durante o treino não apenas para facilitar a execução dos exercícios, como também para protegê-los do contato com o suor da nuca, das costas e dos braços.

Por isso, é uma boa ideia optar por penteados fixos no alto da cabeça, como o famoso rabo de cavalo, o coque ou até mesmo tranças embutidas.

Além disso, é bom deixar o cabelo preso com elástico forrado com tecido, que evita que os fios se quebrem. Outra opção é utilizar uma faixa para prender a franja e as laterais do cabelo, evitando qualquer contato com a pele.

“Não é recomendável forçar essas áreas com o peso total do cabelo, o excesso de tração pode ser prejudicial à raiz dos fios”.

ATENÇÃO APÓS A ACADEMIA
Ao deixar a academia, a terapeuta capilar recomenda a lavagem e a hidratação dos fios para finalizar o processo de cuidados. “O suor seco deixa uma camada de sal nos fios e no couro cabeludo, fazendo com que o cabelo fique ressecado e frisado”.

Com a lavagem, o cabelo ficará livre dos danos causados pelo suor, fazendo com que o couro cabeludo respire livremente e ajude os fios a receberem os nutrientes necessários. Outra maneira de melhorar a qualidade dos fios após o treinamento é utilizar vinagre branco.

“Pessoas que fazem academia têm o bulbo do cabelo dilatado, problema que pode ser resolvido com o uso de vinagre branco uma vez por semana, entre duas lavagens com shampoo. Isso neutraliza o pH do couro cabeludo”.

Por fim, é essencial investir em uma hidratação, que ajuda a garantir um cabelo forte e brilhante. Para conseguir o efeito, recomenda-se condicionadores que contenham substâncias como silicone, poliquartenium, D-pantenol e proteína.

“O ideal é que os fios com química sejam hidratados uma vez por semana. Cabelo livre de química pode passar pelo processo a cada 15 dias.